.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

FIM DE ANO DO CONGRESSO NACIONAL


Viana (e) ao lado de prefeitos acreanos, durante solenidade do Programa de Atendimento à Pessoa com Deficiência

Comentário sobre a notícia, 8 de dezembro de 2008:

"Sou informado pela mídia, que os 594 deputados federais e senadores eleitos em 2006, estão tentando salvar neste fim de ano, a aparência deste excelente negócio chamado CONGRESSO NACIONAL. Um negócio da China para eles, mas péssimo para os demais brasileiros. É impressionante como 594 elementos conseguem desmontar toda uma base de valores morais e éticos de uma sociedade que há muitas décadas vem sendo enrolada pelos espertalhões do voto. Cometemos uma injustiça ao citar apenas uma ou outra imoralidade, mas não temos espaço, nem tempo, nem capacidade, para citar todos. O senador petista Tião Viana (AC), candidato a Presidência do Senado, distribuiu cadeiras de rodas, muletas e bengalas, aos eleitores na eleição de 2006. Na Paraíba, o governador Cássio Cunha Lima (PSDB), para ser reeleito, distribuiu 35 mil cheques,num total de R$3,5 milhões. A pouca vergonha existe em todos os lados. A maioria dos parlamentares só aparece em Brasília quando requisitados pelas suas lideranças, assim mesmo quando se trata de evitar a cassação de algum colega corrupto, ou para aprovar alguma medida que seja vantajosa para todos os partidos. Como não existe nenhum nome com envergadura moral para comandar a oposição contra a imoralidade no Congresso Nacional, vamos encerrando o ano de 2008 com a dolorosa sensação de estarmos sendo cinicamente aviltados em nossos direitos. Ainda chegará o dia em que o eleitor irá perceber que uma bengala, ou um cheque de cem reais, não vai compensar o voto depositado em um elemento que ao chegar no Congresso Nacional, terá o único objetivo de recuperar com juros e correção monetária a propina que deu ao eleitor."

WILSON GORDON PARKER
wgparker@oi.com.br
Nova Friburgo (RJ)

O governador da Paraíba, Cassio Cunha Lima, reeleito, cassado, mas governando, apoiado pelo senador Sergio Guerra, presidente do PSDB

FOLHA DE SÃO PAULO, 31 OUTUBRO 2008
Lula entra na disputa pelo comando do Senado em favor de Tião Viana

[LEIA MAIS]

FOLHA DE SÃO PAULO. 28 novembro 2008
Serra manifesta simpatia por Tião

[LEIA MAIS...]

1 Comentários:

  • ".... vamos encerrando o ano de 2008 com a dolorosa sensação de estarmos sendo cinicamente aviltados em nossos direitos."
    Não me lembro de ter terminado um ano sem essa sensação.
    Sei que é importante tomar cuidado com generalizações mas,sinceramente, não me lembro de um ano sem o peso do comportamento ilegal de quem desempenha um papel na estrutura estatal.
    Retórica sobre ética na política não dá resultado no Brasil. Entra ano sai ano, a balança pende para o ilegal, imoral,suborno, nepotismo,peculato e IMPUNIDADE.E a impunidade assegura esse statu quo.

    Por Blogger Terry, às 9 de dezembro de 2008 12:58  

Postar um comentário

<< Home