.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

"MOVIMENTO IMPUNIDADE PARA TODOS"


O "Movimento Impunidade Para Todos", (MIPT), surge porque todos os homens nascem e devem permanecer iguais em direito.

Comentário sobre a notícia:

"Em boa hora está surgindo no Brasil o "Movimento Impunidade Para Todos", (MIPT). É extremamente injusto que a impunidade só seja concedida aos contraventores milionários. A justiça foi feita para agir da mesma forma com todos, sejam ricos, sejam pobres. Mas o que estamos assistindo no nosso dia-a-dia jurídico, é uma preferência pela impunidade dos ricos, e punição rigorosa dos pobres. A tese da impunidade para os ricos vem sendo conduzida pelo STF com muita técnica. E como pode acontecer tamanho absurdo? Simples! Todas as leis que tratam dos crimes de corrupção sempre trazem nas suas entrelinhas a possibilidade dela não ser considerada crime. Mesmo que seja evidente e insofismável que o sujeito roubou, qualquer juiz tem condições legais de deixa-lo em liberdade. Mas para que isso aconteça o ladrão precisa roubar muito dinheiro ou ser um corrupto com pedigree. A ambiguidade das leis não funciona para os infratores pobres. Segundo o Rei dos escroques no Brasil, Daniel Dantas, os juízes das instâncias inferiores são mais avessos para conceder o privilégio da impunidade aos corruptos ricos. O "Movimento Impunidade Para Todos", (MIPT), surge porque todos os homens nascem e devem permanecer iguais em direito. Na justiça não pode haver um tratamento diferenciado. Queremos impunidade irrestrita para todos."

WILSON GORDON PARKER
wgparker@oi.com.br
Nova Friburgo (RJ)

DANIEL DANTAS, CELSO PITTA E NAJI NAHAS, SÃO OS ICONES DA IMPUNIDADE NO BRASIL

Publicado no Diário Catarinense em 10/11/2008
[CLIQUE AQUI E LEIA ...]

Publicado na FOLHA DE SÃO PAULO, 10 novembro 2008


JORNAL DO BRASI, 09 DE NOVEMBRO DE 2008

Sete Dias - O STF e a OAB em campanha: impunidade para todos

Augusto Nunes

Daniel Dantas sabe das coisas, confirmou na quinta-feira a sessão do STF que acabou transformada, simultaneamente, em manifestação de solidariedade ao presidente Gilmar Mendes, manifestação de protesto contra os mocinhos e manifestação de desagravo aos bandidos.

[LEIA MAIS ...}

Revista Consultor Jurídico, 11 de novembro de 2008

Carl Schmitt
O filósofo entre Fausto De Sanctis e Gilmar Mendes
por Daniel Roncaglia

O juiz Fausto Martin de Sanctis, da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, revelou que as divergências com o ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal, ultrapassam o campo político e esbarram no filosófico

[CLIQUE AQUI E LEIA MAIS ...]

Publicado no PORTAL JORNALISMO POLITICO, 10 novembro 2008

"IMPUNIDADE PARA TODOS"

[CLIQUE AQUI E VEJA O PORTAL]

1 Comentários:

  • ASSALTEM-ME S/A.
    Ao que parece somos todos funcionários dessa indústria de capital aberto, com uma pequena diferença, não somos acionistas, em razão disso, não recebemos nada dessa festança desavergonhada e impune e somente pagamos a conta.
    Tomemos por exemplo agora o blindado – pela dona Dilma e seus pares e cúmplices - Ministério dos Transportes e outros.
    Caiu o ministro, caiu o diretor, e, outros executivos e funcionários acusados por superfaturamento de obras e outras malandragens feitas com o nosso dinheiro dos impostos.
    Porém ninguém foi preso ou condenado a devolver aquilo que nos foi ceifado. E isso por que tem tanta gente com a calda presa que se um for detido e der com a língua nos dentes muitos outros cairão.
    E só estamos nos referindo ao Ministério do Transportes, imaginemos se fossem fazer uma varredura em todos os Ministérios.
    E é em razão disso que em nossa Saúde e Educação só quem ganha são sempre os mesmos, e não fazemos parte deles, pois nessa festa... Povo não entra !!!

    Por Blogger Cecél Garcia, às 14 de outubro de 2011 07:06  

Postar um comentário

<< Home